(Português do Brasil) Proteínas, aminoácidos, whey protein… O que é tudo isso? (V.6, N.10, P.4, 2023)

Facebook Twitter Instagram YouTube Spotify
Tiempo de leer: 4 minutos

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

#acessibilidade : Imagem com fundo branco e ao centro uma porção de whey protein derramado e com uma colher cheia por cima, ao lado está uma garrafa de cor transparente e tampa preta com conteúdo em pó dentro.

Texto escrito por Renato D. Cunha e Roberto Eduardo Dias

Todo mundo que já pisou em uma academia visando ganhar aquele shape para o verão (ou para melhorar a saúde) se perguntou uma coisa. Devo tomar proteínas? Mas que tipo? Creatina? Whey Protein? Albumina? As opções atualmente no mercado fitness são inúmeras, e sem o acompanhamento de um nutricionista não é recomendado sair colocando tudo o que dizem que é bom na boca.

Antes de qualquer coisa, vamos revisar o que é uma proteína, onde vivem e do que se alimentam (sic). Basicamente, as macromoléculas orgânicas constituídas por uma sequência aminoácidos enlaçados por ligações peptídicas são as proteínas. Essas gigantes do mundo nanométrico (escala atômica da química) compõem a maioria das nossas células, e são responsáveis pelas funções celulares, ou seja, basicamente regulam metabolismos de tudo o que é vida.

Parece importante, não? Pois é, e bioquimicamente falando as proteínas estão organizadas em diferentes estruturas, as primárias, quando há uma sequência de aminoácidos em linha, a secundária, quando há alguns padrões estruturais nessa sequência, a terciária, uma estrutura completa de proteína com apenas um polipeptídio, e a quaternária, que é a estruturação interagente de mais de um polipeptídio. 

estrutura das proteinas - (Português do Brasil) Proteínas, aminoácidos, whey protein... O que é tudo isso? (V.6, N.10, P.4, 2023)

#acessibilidade: Imagem em fundo branco onde mostra em ordem ás estruturas da proteína, da esquerda à direita começando pela primária, secundária, terciária e quartenária.

Ainda podemos classificar as proteínas como: ordenadas, quando há, ao menos, estrutura terciária definida e conhecida, as parcialmente desordenadas, onde se vê algumas partes em estrutura primária e outras em estrutura secundária, e não há uma estruturação terciária solida da macromolécula, por exemplo, a calmodulina. Também há as proteínas intrinsicamente desordenadas, como a sequência da Sic1 que liga com Cdc4, importante para regulação de doenças metabólicas (podemos falar disso no futuro), nesse caso, toda a sequência está em sua estrutura primária, sendo difícil prever com exatidão a estrutura da proteína e suas propriedades.

Mas eu posso tomar meu Whey Protein com iogurte e frutas, ou não? Para responder essa pergunta eu chamei reforço, o nutricionista Roberto Eduardo Dias (insta: @nutrirobertoeduardo), que escreveu esse texto junto comigo, e agora vamos esclarecer de uma vez por todas tudo sobre esse tal de Whey Protein.

O Whey protein é um subproduto adquirido a partir do leite da vaca onde é retirado seu soro e é uma proteína completa com todos os aminoácidos essenciais (significa que são aminoácidos que nosso corpo não sintetiza, então necessitamos de uma fonte externa para obtê-los). Atualmente, temos 3 tipos de Whey Protein no mercado: concentrado, que possui no mínimo 80% proteína em composição; isolado, com no mínimo 90% de proteínas na porção, e o hidrolisado (Mínimo de 90% de proteínas). Nesta última proteína é realizado a Hidrólise das proteínas em peptídeos para uma melhor digestão e absorção. Isso significa que as proteínas já estão mais picotadas na ingestão, o que pode ser benéfico para pessoas com problemas de digestão de proteínas.

Uma dica para comprar uma boa proteína é:

  • uma boa quantidade de Whey Protein por porção.
  • somente Whey Protein nos ingredientes
  • adoçantes naturais como Xilitol, Stevia e Eritritol.

A digestão dessa proteína começa no estômago, através das enzimas digestivas presentes no suco gástrico, sendo quebradas em peptídeos e depois em aminoácidos, ocorrendo absorção no intestino delgado. O Whey Protein é recomendado para idosos para manutenção da massa muscular e prevenção contra a sarcopenia (perda da massa muscular). Também altamente usado por praticantes de atividade física para regeneração e crescimento muscular. E pode ser usado por todos que necessitam de um complemento de proteínas na sua rotina visando saúde e manutenção da massa muscular.

 

Fontes:

Imagem destacada: a imagem pertence ao iStock, acessado em Whey Protein: para que serve, como tomar e quais os melhores tipos. UOL. Disponível em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2022/10/18/whey-protein-para-que-serve-como-tomar-melhores-tipos.htm

Imagem do texto: Proteínas Virais no Protein Data Bank. Casa da Ciências. Disponível em: https://rce.casadasciencias.org/rceapp/art/2020/022/.

 

Para saber mais:

Canal Ciência todo dia – vídeo «Como os músculos crescem». Disponivel em: https://www.youtube.com/watch?v=jaJ_-89w8fE.

Canal Olá, Ciência! – vídeo sobre Whey. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=1zNSNE_z_lg.

Canal Leandro Twin (Treinador físico). Disponível em: https://www.youtube.com/@LeandroTwin.

Canal Renato Cariani (Químico e atleta de fisiculturismo). Disponível: https://youtube.com/@renatocariani?si=B4PWD0BTC4rlXVBS.

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *