O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

Facebook Twitter Instagram YouTube
Tempo de leitura: 5 minutos
#acessibilidade Livre tradução do inglês: ao topo: Prêmio Nobel em Fisiologia ou Medicina 2021. Abaixo dos nomes: “por suas descobertas sobre receptores de temperatura e toque. Por último: Assembleia do Instituto Karolinska para o Nobel.

Vamos fazer um experimento, ok? Toque em alguma parte da sua pele, pode ser qualquer uma. Sentiu o toque? Ótimo. Concorda que você sente o toque porque algo está encostando nela? Certo, mas a sua meia ou camisa também está tocando a sua pele, você sente isso a toda hora ou só começou a perceber isso quando leu a última linha?

Para entendermos o que está por trás disso precisamos começar com uma pergunta simples, mas não óbvia: como sentimos o toque?

Pense em uma grande rodovia, com várias entradas, e após as entradas há um pedágio. Cada entrada possui um portão, se ele estiver aberto os carros entram na rodovia e vão para o pedágio. Quem está no pedágio, só sabe que o portão está aberto quando os carros chegam.

avenida - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade Avenida com entradas laterais, fechadas por portões, exceto uma que, por estar com o portão aberto, permite a entrada de carros (em laranja) que se dirigem às cabines de pedágio à direita.

Podemos usar esse cenário para explicar o que acontece no nosso corpo. Imagine que seu braço seja a rodovia e os carros os sinais que são enviados ao encéfalo, nosso pedágio. O toque que você deu na pele abriu um desses portões, mas no nosso corpo chamamo-os de receptores.

avenida braco - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade Representação do braço de uma pessoa sendo composto pela imagem anterior (avenida) usada como metáfora para a transmissão de sinais elétricos das periferias para o sistema nervoso.

Receptores são estruturas compostas por canais que permitem íons entrarem em uma célula nervosa quando recebem um estímulo (pressão do toque, mudança de temperatura, a luz que entra no seu olho, uma molécula de açúcar na sua língua que te dá o sentido de doce…), o que produz um sinal elétrico que é repassado até o encéfalo. Esses canais são feitos de proteínas que são construídas segundo o nosso DNA.

avenida braco analogia - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade Representação, fora de escala, dos componentes relacionados às nossas sensações. Quando o toque é feito em nossa pele os receptores sentem sua deformação e os canais iônicos se abrem causando um fluxo de íons para dentro do neurônio sensorial, que o transmite ao sistema nervoso central. O receptor é uma estrutura específica que busca identificar a presença de um estímulo (pressão, temperatura, luz, etc)

O prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina de 2021 tem como laureados David Julius e Ardem Patapoutian. David e seus colegas conseguiram descobrir qual canal iônico (TRPV1) é responsável pela queimação que sentimos quando uma molécula em pimentas (capsaicina) entra em contato com nossa pele. Sabendo disso, analisaram nosso DNA, desativando diversos genes, um de cada vez (já imaginou!), até encontrar aquele que fazia esse canal funcionar.

uso da capsaicina - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade Da esquerda para a direita, a imagem mostra a molécula de capsaicina usada no estudo e sua fonte, a pimenta, seguindo de uma ilustração do neurônio presente em nossa pele que possui receptores à temperatura. Na placa de petri os canais originários de diversas inativações de partes do DNA são abertos ou não, dependendo do gene silenciado. A direita a temperatura em que alguns canais se abrem e a exemplificação da abertura do canal TRPV1 para temperaturas maiores que 43ºC.

Independentemente, David e Ardem identificaram que o canal TRPM8 respondia ao frio. Ardem ainda fez um trabalho similar para a sensação de toque que temos falado até então, identificando os canais iônicos Piezo1 e Piezo2.

genes silenciados - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade De cima para baixo, duas células, com genes silenciados diferentes. O primeiro quando tocado tem seus canais abertos enquanto o segundo não. Abaixo, um exemplo dos canais PIEZO 1 ou PIEZO 2 se abrindo quando a membrana da célula recebe o toque.

Seus trabalhos permitiram a compreensão da biologia e química por trás das nossas sensações e inspiraram novas pesquisas a partir dos mesmos métodos que utilizaram.

david julius ardem patapoutian 1 - O Prêmio Nobel de Medicina de 2021 e o porquê de você não sentir suas calças (V.4, N.10, P.2, 2021)

#acessibilidade Livre tradução do inglês: ao topo: Prêmio Nobel em Fisiologia ou Medicina 2021. Abaixo dos nomes: “por suas descobertas sobre receptores de temperatura e toque. Por último: Assembleia do Instituto Karolinska para o Nobel.

Agora me responda: se, após um tempo, ainda há carros no nosso pedágio, poderíamos saber se os portões estão abertos ou já foram fechados? Quando vestimos uma peça de roupa sentimos seu toque, mas como ela fica por muito tempo conosco é como se o encéfalo pudesse ignorar esse sinal repetido e portanto paramos de percebê-lo.

Fontes:

Fonte da imagem destacada: Reprodução/Twitter Nobel Prize

Imagens 1 e 2: Autor

Imagens 3 e 4: Retiradas de Press release: The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2021 – NobelPrize.org

Figura 5: Reprodução/Twitter Nobel Prize

Press release: The Nobel Prize in Physiology or Medicine 2021 – NobelPrize.org

BEAR, Mark F.; CONNORS, Barry W.; PARADISO, Michael A. Neurociências: desvendando o sistema nervoso. Artmed editora, 2002.

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *